30
Abr 13

Hoje inventei um novo texto, vejam só:

                                                                                                                                                                                                                                                                                       

                                                                        Um reino diferente                                                    

Se alguém andar três passos para a esquerda, voar em direção à estrela polar, durante três horas, e ir em direção ao horizonte de duração aproximada de dois dias encontrará um reino com o nome de Lar Doce Lar. Nesse reino as casas são feitas de xisto e os telhados de pedras preciosas.

No fundo de um gigante, enorme (e não sei mais lá o quê) lago também há casas mas estas são feitas de conchas e os telhados de algas. 

Algumas das algas são mágicas e as sereias como são amigas dos habitantes dão- lhes algas mágicas porque fazem com que as pessoas respirem debaixo de água para tomar o pequeno almoço lá.

 As roupas são feitas de opalas com tecidos chiques e eram finas.

Mas apesar de tudo, aquele reino era do tamanho do mundo, mesmo que ainda, mais ninguém se tenha apercebido disso, a não ser eu.

Mas um dia uma terrível e horrenda bruxa andava a rondar Lar Doce Lar, ao lançar uma praga puuuuuuf, transformou uma casa num caracol.

A bruxa ao ver o efeito de um dos seus feitiços lançou um olhar furibundo para o reino e depois imaginou tudo transformado em caracóis e outros animais invertebrados.

Os habitantes ficaram paralizados, com aquilo, e a bruxa não descansou o momento, pegou na sua varinha mágica e transformou todos os humanos em sapos.

Ela só não sabia que havia sereias, pois elas ficaram o mais fundo possível do lago a ouvir tudo o que ela dizia. Então decidiram que estariam sempre próximas da bruxa, pois o lago era muito grande.

Seguidamente a bruxa, como já tinha conquistado Lar Doce Lar deitou a varinha para o lago, mas mal ela imaginava que as sereias estavam nesse mesmo momento a jogar às cartas. Quando a varinha caiu no lago as sereias aproveitaram para a agarrar a varinha mágica. E para salvar toda a gente, elas disseram as palavras mágicas e puuuuuuuuuf, todos voltaram ao normal mas ainda não acabara, depois voltaram a pegar na varinha e a bruxa transformou-se numa formiga. Juntos, todos os habitantes expulsaram-na para todo o sempre.

             FIM

publicado por fadadafloresta às 20:29

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.


Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
13

15
19
20

21
22
23
24
25
26
27

29


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
blogs SAPO